bem-vinda ao postandpin

sara vieira consultoria instagram conteudo

bem-vinda ao postandpin

Um blog onde encontrarás dicas sobre Instagram e Marketing de Conteúdo. Junta-te aos mais de 50.000 empreendedores que todos os meses aprendem a optimizar a sua presença online aqui, no postandpin.

Como usar o Instagram: o Guia Completo para quem está agora a lançar o seu próprio negócio

Inclui resposta às 14 perguntas mais comuns

Categorias: Instagram, Redes Sociais

Deixa-me adivinhar: tiveste uma ideia de negócio ou simplesmente queres começar a explorar a possibilidade de ter um negócio online através do Instagram. E como é natural, estás a descobrir um novo mundo e há uma série de dúvidas e questões que estão constantemente a surgir. Tantas dúvidas que isso potencialmente te está a atrasar e impedir de avançar o mais rapidamente possível.

Mas não há motivos para isso. O Instagram não tem de ser este bicho de 7 cabeças. Para tornar tudo mais fácil, vou responder aqui neste artigo às 14 perguntas mais frequentes sobre o Instagram, particularmente quando estamos mesmo no início e não sabemos muito bem que caminho seguir ou que opções tomar. Aqui encontrarás o derradeiro guia para lançar um negócio ou marca no Instagram.

#1: Devo ter um perfil pessoal ou comercial / profissional?

Esta é uma pergunta que no início assume muito peso na estratégia do nosso negócio. Por um lado o lado, o perfil profissional pode ter menos alcance que uma conta pessoal, mas por outro temos acesso às estatísticas que são tão importantes para conhecer melhor a nossa audiência e os seus gostos.

A verdade é que no final do dia esta questão não importa assim tanto. Há pessoas com perfis pessoais que têm imensos resultados e pessoas com perfis profissionais que têm igualmente resultados incríveis. A única questão que deves colocar é “Quero ter acesso às Estatísticas e dados analíticos do perfil profissional?”. Se sim, esta é a melhor opção para ti e para o teu negócio.

Tal como referi no início, a única possível desvantagem de teres um perfil profissional é que no futuro, tal como aconteceu com o Facebook, os perfis profissionais percam alcance de forma a incentivar as pessoas a gastar dinheiro em posts patrocinados. Até agora isso não aconteceu mas é uma possibilidade a ter em conta.

#2: Quero lançar um novo projecto. Devo começar um novo perfil ou usar o que já tenho?

Esta é outra pergunta para a qual não há uma resposta certa ou errada. No final do dia esta é puramente uma decisão pessoal. Para te ajudar, vou partilhar os prós e contras de cada uma das opções e, com base na tua situação, podes escolher o que faz mais sentido para ti.

Se tens o teu perfil pessoal e gostarias, por exemplo, de lançar um serviço de coaching, uma opção seria manter esse perfil e aos poucos começar a optimizar o teu perfil e conteúdo com esse novo posicionamento. A vantagem? Já tens seguidores e as pessoas que te conhecem podem-te ajudar a divulgar o teu projecto. A desvantagem? Exactamente o mesmo: o facto de já teres seguidores que te seguiam por um determinado motivo e que podem não estar interessados no novo conteúdo.

Se te sentes vontade de começar do zero, com uma estratégia clara e com a intenção de criar uma comunidade de seguidores e fãs intencionais, começar um novo perfil pode ser a opção mais interessante para ti. A vantagem? Clareza e um “histórico” limpo. Não há posts sobre outros tópicos ou publicações que não estão alinhadas com a tua estratégia actual. A desvantagem? Ter de começar do zero.

#3: Se decidir manter o perfil do Instagram que tenho, devo apagar todas as fotos ou começar a publicar novo conteúdo?

Se optares por utilizar uma conta de Instagram que já tens, tens de analisar o conteúdo que partilhaste até agora: “As imagens e posts que partilhei ajudam-me nos meus objectivos estratégicos ou prejudicam-me?”.

Se tens publicações que te ajudam de alguma forma (posts em que te dás a conhecer à tua audiência, publicações onde abordas os teus interesses, valores, etc.) podes e deves mantê-los. Sem problema.

Se as publicações que tens só prejudicam a tua comunicação (ou porque já não te representam ou porque não tem nada a ver com o teu novo projecto) deves apagá-las, de forma a criar clareza e um posicionamento claro a partir de agora.

#4: O meu nome de utilizador no Instagram deve ser o meu nome ou o nome do meu projecto?

A minha recomendação é que, independentemente de ser o teu nome ou um nome que decidas dar ao teu projecto, o teu username seja o mais simples e claro possível. Essa é a regra de ouro.

Tens duas opções e ambas são válidas:

  • Usar o teu nome pessoal – uma boa opção principalmente para empreendedoras e prestadoras de serviços pois, neste caso, somos as nossas marcas. Esta opção é mais pessoal e cria uma ligação mais autêntica com a audiência. Por exemplo @martasilva
  • Outra opção é teres um username onde identificas claramente a tua proposta de valor e onde te focas na necessidade ou dificuldade da tua audiência-alvo. Por exemplo: @fazer.crescerblog

#5: O que devo colocar na biografia do Instagram? Como fazer uma boa bio?

O que colocar na bio do Instagram é uma grande dúvida no início quando estamos a criar ou reformular a nossa presença no Instagram. De forma geral a minha recomendação é que incluas uma versão da tua missão na tua bio – dessa forma quem te visita sabe exactamente o que fazes, para quem e como é que o fazes. Escrevi um artigo onde desenvolvo este tópico em pormenor, onde dou exemplos e onde te explico, passo a passo, o que deves escrever na tua bio. Carrega neste link para ver essa informação: Como escrever uma Bio completa e perfeita para o Instagram.

Quando chegar a altura de personalizar a tua bio no Instagram pode fazer sentido utilizares caracteres especiais ou emojis. Nestes dois artigos encontras recursos e exemplos para te ajudar a perceber como utilizar estes elementos de forma estratégica.

#6: Devo incluir link e contactos na minha bio?

Sem dúvida nenhuma. É muito importante incluirmos um link e contactos na bio para que potenciais clientes possam facilmente entrar em contacto connosco. Para personalizares o link na tua bio e acrescentares o teu endereço de email (ou outro contacto) basta ires ao teu perfil e carregares em Editar.

Porque é que é tão importante colocar um link para o nosso site na bio do Instagram?

Porque o Instagram tanto está na moda como pode deixar de estar, e claro que isto não acontece de um dia para o outro mas a verdade é que as pessoas que nos seguem, não nos pertencem. Por isso mesmo temos de usar o link na bio muito estrategicamente e tentar captar a nossa audiência para ir ao nosso site ou inscrever-se na nossa newsletter (plataformas e ferramentas que são nossas e nós controlamos).

Que tipo de links é devo colocar no meu perfil de Instagram?

  • A oferta (serviço ou produto) que estás a promover naquele momento;
  • A tua oferta mais rentável;
  • Um opt-in para a tua newsletter;
  • O teu último artigo do blog.

Evita ao máximo utilizar plataformas como o linktree, uma vez que estas soluções afectam a conversão dos links (até 40%). Ou seja, as pessoas carregam no link, como encontram muitas opções sentem-se perdidas e acabam por sair.

Dica extra: Para criares um opt-in no teu site ou blog para captar pessoas para a tua newsletter podes utilizar plataformas como o MailChimp, LeadPages e ConvertKit.

#7: Devo incluir destaques na minha página do Instagram? Que destaques devo ter? E como é que os crio?

Deves incluir sim! Os destaques são uma excelente ferramenta, principalmente para nós empreendedoras, uma vez que nos dá espaço adicional para comunicar todos os aspectos da nossa marca.

Se tens um negócio ou marca ou queres lançar um e optimizar o teu perfil ao máximo para gerar vendas e ganhar clientes, escrevi um artigo onde explico em pormenor que destaques deves ter e porquê. Lê com atenção aqui: Tens um negócio ou marca? Estes são os Destaques que o teu perfil de Instagram deve ter.

Estás convencida! Queres criar os teus destaques! Mas não sabes como criar as capas para os destaques no Instagram. Não há problema. Tenho um artigo onde explico, passo a passo, como podes criar as capas para os teus destaques – Como fazer capas para os Destaques, passo a passo. Além disso, se precisares de apoio adicional, este artigo explica-te como adicionar uma capa nos Destaques do Instagram.

Para inspiração extra deixo-te ainda estes dois artigos, cheios de ideias e exemplos para criares os teus destaques no Instagram:

#8: Como é que posso organizar o meu feed?

Depois de bio optimizada e destaques optimizados, é altura de passarmos para o feed. Na realidade, e enquanto negócio, ter um feed bonito não deve ser a nossa principal prioridade e foco de atenção. O que devemos focar-nos sim é em partilhar conteúdo de qualidade, pensado para o nosso público-alvo e que vá de encontro às suas necessidades.

Contudo, se tiveres um negócio onde a parte visual seja importante, podes querer desenvolver um tema para o teu feed do Instagram. A pensar nisso reuni neste artigo vários exemplos de temas interessantes para te inspirares e criares a tua própria versão. Dá uma vista de olhos aqui: Instagram: 10 temas incríveis que podes facilmente recriar.

#9: Que tipo de conteúdos é que devo criar para o perfil de Instagram do meu negócio?

Há vários tipos de conteúdo que nos ajudam a dar a conhecer a nossa marca e a nossa proposta de valor aos nossos potenciais clientes. Alguns desses conteúdos incluem: opiniões pessoais, histórias, dicas e conhecimentos ou posts onde partilhes a tua própria visão sobre certos mitos ou dificuldades que são frequentemente faladas no teu nicho.

Independentemente do tipo de conteúdos que decidires abordar é importante que seja sempre dirigido ao teu cliente ideal, ao tipo de pessoa que queres ajudar e servir. E que seja a pensar nele que escreves e desenvolves esse conteúdo (pensado nas suas dificuldades, frustrações, anseios, vontades, sonhos e ambições).

Para te ajudar a planear o teu conteúdo no feed do Instagram deixo-te ainda estes dois recursos:

#10: Com quanta frequência devo publicar nas stories e no feed do Instagram?

Nas stories? Todos os dias.

No feed? Entre 3 a 4 posts por semana.

Esta é a minha recomendação geral, mas pode haver variações de acordo com os teus objectivos estratégicos. Se já tens uma audiência e pretendes apenas “nutrir” essa audiência, publicar entre 2 a 3 vezes por semana, com conteúdos de alta qualidade, é o suficiente. Se não tens audiência e estás numa fase de crescimento, em que o teu objectivo principal é angariar mais seguidores, pode fazer sentido publicar uma vez por dia.

Para te ajudar a criar Instagram Stories diferentes e que se destaquem das restantes deixo-te estes 3 artigos que podem ser interessantes:

#11: As hashtags são realmente importantes? Devo colocar as hashtags na descrição do post ou nos comentários?

Sim! As hashtags são importantes e deves utilizar sempre o máximo de hashtags permitidas pelo Instagram – 30 por publicação e 10 nas stories- para chegar ao maior número de pessoas possível.

Quanto à localização das hashtags na publicação: se conseguires, coloca as hashtags na legenda ou descrição do post. Posts com hashtags na descrição tendem a receber mais engagemente do que posts com as hashtags nos comentários. De qualquer das formas, se por exemplo não tiveres espaço na publicação, podes optar por colocar as hashtags nos comentários. Não há problema nenhum.

Para saber tudo o que precisas de saber sobre hashtags e como podes tirar o máximo proveito delas, deixo-te aqui 3 artigos:

#12: Como é que aumento o meu engagement no Instagram?

O meu conteúdo é visto por cada vez menos pessoas e tenho menos gostos e comentários. A culpa é do algoritmo?

Não. A culpa não é do algoritmo. O algoritmo priotiza conteúdo de qualidade, recente, que é apelativo e interessante. Se o teu engagement piorou, o primeiro passo é olhares para o teu conteúdo e fazeres uma análise sincera: o meu conteúdo é interessante, novo, útil e está bem apresentado? A ideia que estou a tentar transmitir é clara?

Se sim, se o teu conteúdo está optimizado, o segundo passo é analisar as tuas acções na plataforma. Para receberes mais engagement… tens de dar mais engagement! Isso significa comentar posts, partilhar conteúdo, enviar mensagens privadas, seguir pessoas, seguir hashtags, mencionar outras pessoas nos teus posts ou stories, etc.

Porquê? Porque ao aumentares o teu engagement e relação com as outras pessoas na plataforma, o Instagram detecta que há uma ligação entre a tua conta e a conta daquela pessoa e vai consequentemente priorizar o teu conteúdo no feed daquela pessoa, em detrimento de outros que não interagem tanto.

No fundo a regra de ouro nesta rede social, e a dica que te vai levar mais longe, é ser SOCIAL. Se utilizares a plataforma como é suposto, como um espaço de verdadeira partilha e troca de ideias, e não apenas como um sítio onde fazes publicações, o algoritmo vai favorecer a tua conta e mostrar o teu conteúdo a mais pessoas.

#13: Devo mesmo fazer stories, lives e publicar vídeos no IGTV?

Sim, sim e sim. Quando estás numa fase de crescimento e o teu objectivo é aumentar o teu número de seguidores e captar uma audiência interessada, recomendo-te que utilizes o maior número possível de recursos e features do Instagram. E isso significa fazer stories todos os dias, fazer lives frequentemente e publicar regularmente no IGTV.

Em relação ao IGTV, pensa nesta feature como um canal do Youtube onde assumes um compromisso com a tua audiência. Por exemplo, um novo vídeo todas as semanas à segunda-feira.

14. Instagram é apenas para divulgação, certo? Ou é possível angariar clientes e gerar negócio no Instagram?

Claro que é possível conseguir clientes e gerar negócio no Instagram! Na verdade muitas pessoas até conseguem dar os primeiros passos com a sua ideia de negócio apenas no Instagram. Sem site ou sem e-mail marketing. Apenas com o Instagram.

Para te ajudar, reuni num artigo os passos exactos que utilizo para encontrar os meus clientes de sonho no Instagram: Como encontrar clientes no Instagram em 5 passos.

Adicionalmente, se sentes que precisas de apoio personalizado, o meu programa de assinatura Transformar Conteúdo em Clientes (TCC) pode ser exactamente o que precisas. Neste programa percebemos o que te torna única, definimos o teu público-alvo e, passo a passo, ensino-te como converter os teus seguidores em clientes. Sabe mais carregando na imagem.

Gostaste deste derradeiro guia para quem quer lançar um negócio ou marca no Instagram? Se tens alguma dúvida adicional, que não foi respondida neste artigo, deixa a tua pergunta na secção de comentários e tentarei responder e ajudar-te ao máximo.

Faz pin da imagem para guardar o artigo

Continuar a ler:

comentários