bem-vinda ao postandpin

sara vieira consultoria instagram conteudo

bem-vinda ao postandpin

Um blog onde encontrarás dicas sobre Instagram e Marketing de Conteúdo. Junta-te aos mais de 70.000 empreendedores que todos os meses aprendem a optimizar a sua presença online aqui, no postandpin.

Como começar um Blog (de sucesso) em 5 passos

Um guia completo e simples, passo a passo, de como lançar um blog do zero

Como começar um Blog do zero em 5 simples passos

A contemplar começar um blog mas não sabes muito bem por onde começar? Então estás no sítio certo. Aqui irei cobrir, passo a passo, todas as etapas para começar um blog (de sucesso).

Uma das melhores decisões que já tomei foi começar este blog. Ter um espaço, só teu, onde podes partilhar o que sabes, as tuas experiências e a tua forma de ver o mundo é profundamente gratificante.

Podes querer começar um blog por diferentes razões: porque tens uma paixão que queres partilhar com o mundo, porque queres deixar o teu emprego e começar a trabalhar como freelancer, porque estás desempregado e queres investir num blog. Enfim, as razões são mais do que muitas e todas elas são válidas.

Queres tornar o teu sonho realidade? Vamos então aprender como lançar um blog de sucesso.

1. Escolher o tópico e nicho do blog

O primeiro passo, antes de tudo o resto, é escolheres o tema do teu blog. Vai ser um blog sobre receitas, música ou fotografia? Moda, arte ou finanças? As possibilidades são infinitas.

À partida se tens a ideia de começar um blog sabes mais ou menos os tópicos que gostarias de abordar. Mas nesta fase é importante questionares essas ideias e delineares uma estratégia.

Por exemplo, sabes que queres lançar um blog de culinária. Esse é tema geral do teu blog. Mas qual é o teu nicho específico? Um nicho neste caso seria, por exemplo, sobremesas vegan e gluten-free.

Definir estrategicamente um nicho será altamente importante para o sucesso do teu blog. Quanto mais específico for o tópico, mais definida será a tua audiência – mais fácil será relacionares-te com ela – e mais fácil será, a médio/longo-prazo, monitezares o teu espaço.

2. Escolher o nome do teu blog

Este é uma das etapas mais desafiantes. E aconselho que dediques vários dias a pensar nesta parte da criação do teu novo blog. Um bom nome é algo único – que ainda não existe na blogosfera ou noutra área de actividade – e que represente bem o tópico e estilo do teu blog.

Faz uma longa lista de nomes e diferentes combinações de palavras-chave, que representem bem o tópico e nicho que queres cobrir.

Escolhe o nome que sentes que representa melhor o que queres construir.

Numa segunda fase, para teres a certeza que é o nome perfeito, pergunta a algumas pessoas que te rodeiam o que é que aquele nome transmite e se acham que representa bem o que queres para o teu blog.

3. Registar o teu domínio

Porque é que eu sugiro registar logo o teu nome e domínio, em vez de utilizar as versões gratuitas do WordPress ou Blogger? Porque se queres criar um blog de sucesso é importante que tenhas o teu próprio domínio – cria mais confiança com os leitores e dá uma imagem de mais profissionalismo.

Basta pensares, que versão destes dois sites preferias visitar: saravieira.pt ou saravieirapt.blogspot.com?

Esta parte parece um bicho de sete cabeças e soa a uma etapa muito técnica mas na realidade não é assim tão complicado. Existem vários sites onde podes registar o teu domínio. Eu registei o postandpin.com no GoDaddy.

Basta ires ao site, pesquisares pelo domínio que gostarias de registar e ver se está disponível ou não. Se estiver disponível, tens várias opções em termos de preço, dependendo da extensão (.com ou .net).

Quando registas o domínio podes comprá-lo por 1 ano, 2 anos ou até 10 anos. Isto significa que o domínio não é teu para sempre, mas apenas durante o período em que decides pagar para o ter. Podes escolher pagar durante 1 ano e depois renovar anualmente. Ou decidir logo pagar os primeiros 5 anos, por exemplo.

4. Criar o blog

Existem várias plataformas gratuitas que podes usar para criar o teu blog (WordPress, Blogger, etc.). Eu durante muitos anos utilizei o Blogger mas no último ano mudei para o WordPress e recomendo vivamente. É fácil de utilizar, tem óptimos plugins, fáceis de instalar – como, por exemplo, o Yoast SEO – e há uma comunidade muito grande à volta do WordPress (o que significa que encontrarás bastante conteúdo e dicas sobre a plataforma).

Para usares o WordPress há duas possibilidades:

1) usar o alojamento do WordPress (que tem um custo associado, a partir dos 4 euros por mês). Podem consultar mais informações acerca dos planos disponíveis neste link. Nesta primeira possibilidade não tens necessidade de ter nenhum conhecimento técnico relacionado com servidores e alojamento, porque toda a instalação e configuração dos servidores está do lado do WordPress.

2) a segunda opção é usares o teu próprio alojamento. Para esta opção precisas de ter alguns conhecimentos técnicos ou alguém que te ajude. Se quiseres usar o teu próprio alojamento há vários sites com este serviço e podes arranjar, por exemplo, a partir de 5 euros por mês.

A parte positiva desta opção é que tens total controlo no servidor, o que te poderá permitir optimizar algumas configurações no futuro. Contudo, esta opção só será útil caso o teu blog já esteja estabelecido e receba bastantes visitas.

Caso seja o teu primeiro blog, não tenhas conhecimentos técnicos ou ninguém que te possa ajudar com a instalação e configuração, recomendo a primeira opção.

5. Escolher o tema/ layout do teu blog

Podes inicialmente escolher um dos vários temas disponíveis gratuitamente no WordPress ou Blogger, mas, mais uma vez, eu sugiro investir um pouco mais e escolher um tema mais interessante visualmente – que responda exactamente às necessidades específicas do teu blog e se alinhe com a visão que tinhas para o mesmo.

Não há nada mais frustrante do que teres uma visão exacta do tipo de blog que queres – com este e aquele componente – e depois acabares por ter de trabalhar com uma versão super básica. Aqui acho que vale mesmo a pena investir num tema que adores e que te represente.

No meu caso eu escolhi um tema no themeforest, mas há imensos sites que vendem temas para blogs.

Agora que já tens um tópico e nicho definidos, um nome, um domínio registado e um tema, tens tudo para começar a escrever e criar conteúdo para o teu novo blog. Parabéns! É o início de uma aventura incrível.

Com estes 5 simples passos acabaste de criar uma base importantíssima para lançar um blog de sucesso, mas a maior parte do trabalho ainda está para vir e relaciona-se primeiro com a criação de conteúdo e depois, numa segunda fase, com a monetização do teu blog.

Para aprender mais sobre criação de conteúdo e como começar a ter parcerias, não percas:

Se gostaste deste artigo, faz pin desta imagem

Como começar um Blog (de sucesso) em 5 passos

Continuar a ler:

comentários